Paulistão 2010 invade a área

Como já é de costume, o mês de janeiro é uma corrida contra o relógio para os clubes brasileiros. A pré-temporada é curta demais, a molecada que joga a inflada Copa São Paulo de Futebol Júnior mal recebe o olhar dos grandes treinadores e as diretorias correm atrás dos últimos reforços. Graças a um calendário que só pensa nos investidores e não nos atletas, no dia 15 de janeiro começa o Campeonato Paulista de 2011.

Este ano, acredito que o torneio ficará novamente com um dos quatro times grandes do Estado. Isto porque Palmeiras e São Paulo não jogam a Libertadores da América e o Santos vem está reforçado e com um time jovem que já provou seu valor. Já o Corinthians deve sair um pouco atrás, já que não tem elenco para jogar tanto o estadual quanto a Libertadores em melhor performance. Obviamente, as equipes do interior também devem conseguir de uma a duas vagas nas semifinais. O Mogi Mirim de Rivaldo deve ser uma atração especial, acompanhado pelo eficiente Grêmio Prudente e pela tradicional Ponte Preta. Confio muito também no potencial da Portuguesa. A Lusa manteve o técnico Sérgio Guedes, que já levou a Ponte a uma decisão do Paulista e, por pouco, não conseguiu com a Lusa o acesso à Série A do Brasileiro em 2009. Além disso, o time do Canindé tem feito bons campeonatos e possui um ataque formado pelos artilheiros Dodô e Dinei.

Os Quatro Grandes

O Corinthians deve jogar “para o gasto” no Paulista. Ronaldo e Roberto Carlos (que disputa com Chicão a vaga de capitão) provavelmente serão poupados de vários jogos. A equipe ainda não conseguiu encontrar um substituto para o rápido Elias. Apesar de sondar excelentes jogadores como Christian (Fenerbahçe), Alex (Spartak, ex-Inter) e Marcinho (Qatar), as únicas confirmações são o zagueiro reserva Wallace e o pouco conhecido Willian, atacante, ex-Figueirense.

O São Paulo está enfraquecido pelas saídas de Jorge Wagner e Ricardo Oliveira e promete dar atenção total à Copa do Brasil. O Tricolor merece um crédito pela revelação de novos talentos como Lucas e Lucas Gaúcho, e torce para que apareçam novos craques da base na Copa São Paulo.

Já o Santos chega muito forte. O time fez, na minha opinião, a melhor contratação da temporada, repatriando o meia Elano, que esteve na Copa do Mundo. O elenco é jovem e cheio de vontade de jogar, o que deve fazer com que a Libertadores não seja um obstáculo. Para melhorar, o técnico Adílson Batista não tem muito pulso com os atletas, o que deixará os craques Neymar e Paulo Henrique Ganso livres para infernizar adversários e o tranqüilo Edu Dracena cuidando da zaga. A situação lembra a Copa do Mundo de 1958. Durante a competição, os próprios jogadores determinaram a escalação brasileira, ignorando o treinador Vicente Feola; foi isto o que possibilitou a presença de Pelé e Garrincha em campo. Acredito que o Santos leve, novamente, o troféu para a Vila Belmiro.

O Palmeiras… Ah, o Palmeiras. Desiludido pela ausência na Libertadores. Desiludido pela não-contratação de Ronaldinho Gaúcho. Dependendo apenas das cobranças de faltas de Marcos Assunção, do humor de Valdívia e da garra de Kleber, o grande técnico Felipão deve demorar a juntar os cacos no Palestra. O torcedor já não começa o ano otimista e deve esperar por uma evolução gradual, para que, quem sabe, o Verdão se destaque no Brasileiro.

Anúncios

2 Responses to Paulistão 2010 invade a área

  1. heitor g. diz:

    campeonato paulista é um DESPERDÍCIO de dar dó: 3 meses de verdadeiras peladas, estádios vazios, uns joguinhos merrecas e bizarros q prometem não empolgar picas… (ou vc acredita q alguém sai de casa prá ver guaratinguetá (americana) X linense ou ituano X paulista???) entediante e burro, só pegará fogo nas quartas de final…

    e, me diga uma coisa: prá q VINTE times??? se os caras da FPF fossem menos politiqueiros e mais inteligentes, seguiriam o exempl,o do rio, q faz de seu campeonato uma grande FESTA!!!

    mas, enfim, tédio MESMO é ficar um mês inteiro de férias e SEM bragantino X mirassol, são bernardo X noroeste ou palmeiras X botafogo-rp…

    • O Carioca prova que a forma vence o conteúdo. O torneio é bom, apesar de lá, fora os times grandes, só ter clubes da 3a divisão.
      O Paulista, do jeito que está, representa a inflação do futebol…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: